Há gente que nos enche a alma

No fim do livro ninguém morre mas nomeiam-se duas necessidades dramaticamente prementes do nosso tempo: a do calor e a do esquecimento.* Não estou nada certo disto. Uma necessidade é uma procura e quanto mais se procura o esquecimento, mais se sublinha a impossibilidade dessa escolha. Ainda que quase tudo apodreça, nunca nos encontramos assim tão longe do lugar de onde partimos.

E há blogs que nos enchem tudo.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: