manifesto para o dia em que se fundirá o último neurónio

Um dia terei um blog em que falarei da sua autora na terceira pessoa, e ela vos escreverá sempre vestida de caxemira e sedas finas, bebericando Veuve Clicquot. Discutirá as últimas tendências, terá profundas conversas em torno de assuntos fúteis mas cheios de estilo. O assédio das marcas será excessivo, mas aguentá-lo-á estoicamente e fará recomendações vazias de significado mas recheadas de cifrões. Vibrarão juntos, vocês e ela, sobre plataformas milagrosas e passearão, de cabelos ao vento na janela aberta de um pequeno bólide. Terá pretensões de especialista até da cultura da batata no Nepal, mas manterá o decoro de uma falsa modéstia qual ouro dos parvos. Dará lições de vida com a arrogância de um adolescente que ainda agora a começou, mas defender-se-á sempre com unhas de gel e dentes branqueados de quem vier discordar – afinal, o lápis lazúli risca melhor que um viarco.

Mas terá, finalmente, hordas de seguidores, qual manada acéfala engalanada, chapada da última montra de qualquer shopping do país. E serão todos, leitores e autora, felizes cabeças de vento sob um corte assimétrico e um brush feito ontem.

Anúncios

4 thoughts on “manifesto para o dia em que se fundirá o último neurónio

  1. Izzie diz:

    Oh, és a minha heroína. Ou cocaína. Ou metanfetamina. Amo você e farei parte dessa horda acéfala.

  2. Mas hoje ainda não é o dia. Graças a si (ou a Deus, para os crentes)! (as leitoras também tem que a tratar por você? vou já ensaiando pelo sim pelo não)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: