a grávida

Dizem os homens, ou melhor, alguns homens, que nisto são como os pigs do outro, todos alike mas uns mais alike que os outros, mas dizia que dizem alguns homens, criaturas que devem ser pobres em abstracção, que as mulheres são seres complicados. Tendo a discordar, em situações normais, e a achar que, lá está, os rapazinhos, esses mais alike que os outros, é que não são capazes de se descentrarem para as perceber. Mas começo a achar que a mulher grávida é um bicho à parte e esse sim, com potencial para dar um nó na cabeça dos outros bichos da manada.

Porque a mulher grávida não fica feliz quando, ao fim de 6, 9, 10 ou mais semanas, os enjôos desaparecem ou quando as mamas deixam de doer ou quando até tem capacidade de ficar a ler até à meia noite sem encher de baba adormecida as páginas do livro. A mulher grávida começa logo a achar que essas coisas, boas para qualquer pessoa em estado não engraçado, só podem ser sinal de que algo vai mal nos seus países baixos. O coração acelera, corre para a casa de banho em busca de sinais de desgraça, lê todos os sites e fóruns internet fora e jura a pés juntos que se as maleitas voltarem nunca nunca nunca mais se queixa.

Dos homens não tenho pena. Dos maridos das mulheres grávidas, confesso, tenho alguma.

Advertisements

6 thoughts on “a grávida

  1. DNC diz:

    Tal e qual!!! 😉

  2. Filipa diz:

    Até o começares a sentir, vai ser assim. Nunca sabes se está tudo bem. Depois, basta fazeres uma festinha na barriga e recebes logo um pontapé… 🙂

    • Filipa B diz:

      Muito provavelmente começaste a evitar o que te fazia mais enjoos. Provavelmente tens descansado mais e por isso não tens sono tão cedo. E muito provavelmente o feijãozinho já se aninhou e não precisou de “mexer mais móveis”. Nunca estive grávida, não posso falar com conhecimento de causa, mas a minha visão de fora é esta.
      Portanto, aproveita a calma e relax, a criança virá num dia cheio de sol.

      • Mariana diz:

        Filipa, diz a medicina que é o corpo que se habitua às hormonas e deixa de se queixar 😉

  3. Margarida diz:

    Eu ainda estou na primeira fase que descreveste! 🙂

  4. Anónimo diz:

    Um gajo (neste caso, uma gaja) está sempre a aprender…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: