hoje é todo um telhado

Já não tenho costas para esta barriga. O resto aguenta-se bem, mesmo aquele resto de que a maçonaria gravídica não fala: os gases que me fazem arrotar à camionista, a bexiga minúscula que me fez sair a correr no fim do exame com medo de ter um desastre pelo caminho, os suores menopáusicos a meio da noite e outras coisas muito mais bonitas que não vos conto para  não vos estragar a surpresa quando for a vossa vez. Mas as costas, essas, estão a dar cabo de mim. Acordo a meio da noite tipo tartaruga ao contrário, sem conseguir mexer os braços e os pés porque tenho os quatro dormentes. Viro-me de lado, a posição em que ainda vou tendo mais conforto, e cinco minutos depois tenho de me virar para o outro lado que o peso nas articulações mata-me. Não tenho posição para estudar, nem para ver televisão nem para estar a fazer nenhum. E diz que ainda vai piorar, olha que bom. Arranjem-me uma piscina para casa que acho que de molho é que eu estava bem.

Faltam-me 7 exames e 7 semanas e meia. Acho que as minhas costas não duram tanto tempo.

Anúncios

7 thoughts on “hoje é todo um telhado

  1. Izzie diz:

    Tá a pexijá de miminho, tá? Toma miminho, toma! Abachinho!

  2. Navajovsky diz:

    Ai credo, estes teus relatos assustam a malta mais criança. Já sofro de escoliose, hiperlordose, hipercifose, hiperangulação da junção lombossagrada (…uma festa) e consequentemente muita dorzita nas costas, estou a ver que nunca na vida aguentarei um bebé. Tanta dor menstrual para nada?! Pf, que seca!

    • Mariana diz:

      Tu já fizeste obstetrícia, já devias saber destas coisas, pá. E das tais piores que não contei. Mas deixa lá, no máximo ficas como eu, que também sofro de hiperlordose. Dizem que vale a pena 😉

  3. Navajovsky diz:

    PS: Boa sorte nessa luta dos exames.

  4. Boa sorte menina! Li pela primeira vez o teu blog hoje, e fiquei encantada, gostei mesmo 🙂
    Estás na lista dos meus blogs 🙂

    bjinhos

  5. Ana diz:

    Almofada entre as pernas para dormir, ajuda um pouco a deixar a coluna mais direita. Pelo menos não sinto tanto o “repuxar” das ligações que andam ali pelas costas… Foi algo que fiz instintivamente numa noite de desespero, nem sabia, mas depois fui pesquisar e ao que parece recomenda-se.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: