primeiras vezes que podiam nunca existir

Cheiras a brufen e a febre em vez de cheirares a bolachas. A tua febre não é como a dos livros, aquela que é boa porque ajuda a combater os bichos. A tua febre queima-me as mãos e o coração, carne da minha carne a arder-me nos braços.

Advertisements

2 thoughts on “primeiras vezes que podiam nunca existir

  1. Margarida diz:

    😦 Espero que já esteja melhor… Beijinhos

  2. Caco diz:

    Só quem tem um filho é que consegue imaginar o tamanho desta dor. Que fique bom depressa 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: