ceci n’est pas sobre bola

Sem a minha mãe fiquei só eu num mar de azuis. A minha mãe era do Sporting e eu sou do Benfica, mas juntas éramos do anti-andrade. É feio, anti-desportista, o que quiserem. Mas era assim. Ela torcia pelos meus, eu torcia pelos dela, juntas torcíamos contra o Porto. Menos na Europa, lá fora éramos todos portugueses, embora uns um bocadinho menos que os outros. Sem a minha mãe fiquei eu no meio de tantos azuis.
Ontem ganhei, mãe. Este ano fomos nós. Nós porque foi o Benfica, mais nós porque não foi o Porto. É feio, pouco desportivo, o que quiserem. Éramos nós. E até esse vazio me ficou.

Anúncios

One thought on “ceci n’est pas sobre bola

  1. Filipa diz:

    A quantidade dessas coisas “pequeninas” que surgem todos os dias a lembrar-nos das nossas perdas é inimaginável antes das ditas perdas. Mesmo sem eu querer estar atenta, porque por vezes preferia não estar porque me dói muito… não me largam.
    Beijinho, Mariana, sorri e festeja.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: