os filhos e os netos de abril

É 25 de abril e não há cravos cá em casa. Tu nunca te terias esquecido de os comprar, mas eu, no meio do sono acumulado de 21 meses de noites mal dormidas e da telha imensa que me atormenta a dieta, esqueci-me. 

Mas hoje, depois de ter ido almoçar com o pai e me ter deixado em casa a trabalhar, o meu filho, o neto que me custa tanto que não conheças, entrou em casa com o sorriso que é tão meu e estendeu, orgulhoso, a mão pequenina que segurava um cravo vermelho.

Advertisements

2 thoughts on “os filhos e os netos de abril

  1. a.i. diz:

    as mãos pequeninas dos nossos filhos são uma das melhores coisas que há no mundo 🙂

  2. Margarida diz:

    Lindo 🙂 Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: