o iluminismo da farmacologia rectal 

Andam pela internet uns artigos de profissionais de saúde, escritos por gente aparentemente mais iluminada que o restante mundo, a ensinar às pessoas a forma correcta de inserir um supositório (no caso fala-se de crianças, mas um supositório é um supositório e um rabo é um rabo, pelo que deduzo que  considerem os seus ensinamentos de aplicação universal (pun intended)). E dizem, então, que um supositório se insere correctamente pela ponta romba. 

Ora, vamos ignorar o quão desconfortável deve ser para o esfíncter. Acham mesmo credível que as farmacêuticas tenham desenhado uma coisa com um determinado formato, de utilização (aparentemente) intuitiva, pretendendo na verdade que o dito se insira ao contrário? E que o façam à má fé, sem instruções explícitas na caixa ou na bula? E que como tal nos deixem dependentes de meia dúzia de iluminados, privilegiados detentores de sabedoria inacessível ao comum dos mortais, para nos explicarem como inserir um supositório?

A questão tomou tão épicas proporções que há, inclusivamente, estudos científicos a aprofundar a questão da melhor forma de inserir um supositório. Para os que não querem ler o artigo do link acima, eu resumo: parece que a polémica surgiu após publicação na Lancet (porque é que é sempre a Lancet?…) de um estudo, não corroborado nem verificado a posteriori, que defendia a introdução inversa como mais correcta. E puft, espalhou-se o mito urbano, por médicos, enfermeiros e professores universitários. 

E o espírito crítico? Ninguém pensa: espera, isto é estúpido… Se calhar vou ler mais umas coisas sobre o assunto antes de o integrar e disseminar como verdade indiscutível. E isto acontece tantas vezes na área da saúde que é assustador.

Pratos limpos: um supositório insere-se como o foguetão que é, ponta afiada primeiro. Dizem os estudos, dizem os fabricantes, diz o bom senso. No vosso rabo façam como quiserem, mas por favorbnão sujeitem as vossas crianças ao disparate. 

Anúncios

One thought on “o iluminismo da farmacologia rectal 

  1. Janaye diz:

    Tom zet,H:oigIk heb op 14 jarige leeftijd zo een operatie gehad en ben nu 15 maar voor de operatie voelde ik het niet(ik had er blijkbaar 1 aan beide teelballen) maar nu als ik er voel dan voelt het eel draderig en veel dikker dan voor de operatie ik vraag mij af of deze operatie nu gelukt is of juist niet?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: